Universidades de Curitiba oferecem cursos para a 'maturidade'. Saiba mais

Por - Vida Longa
(Foto: Divulgação)

Você que tem mais de 50 anos já pensou em voltar à universidade em um outro ritmo, para aprender novos conteúdos e conhecer pessoas? Curitiba tem opções para você. 

A Maturidade Positivo, programa da Universidade Positivo voltado a pessoas com mais de 50 anos, tem mais de 25 atividades com o objetivo de oferecer mais qualidade de vida à terceira idade. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 13h45 às 17h30, na unidade Praça Osório. As matrículas são realizadas diretamente na Central de Atendimento da instituição. Criado em 2015, o projeto tem o intuito de potencializar saberes, promover a saúde física e mental, além de aprimorar conhecimentos em diversas áreas. Entre as atividades, há cursos de idiomas, dança, yoga, técnica vocal, meditação, informática, teatro, zumba, artesanato e manuseio de sistema Android e iOS, no qual é possível aprender como tirar foto, utilizar redes sociais e acessar aplicativos no celular. É possível agendar uma aula experimental - que acontece na última semana de cada mês - por meio do e-mail maturidade@up.edu.br. A programação completa com mais de 25 cursos pode ser consultada no site www.up.edu.br/up-maturidade. Os valores começam a partir de R$ 80 por oficina até R$ 500,00 por mês, com direito a participar de sete a dez oficinas e cursos com 1h30 de duração por semana no mês.

A Universidade Aberta da Maturidade (UAM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR)  é um projeto de extensão, destinado a pessoas com mais de 60 anos, e tem como diretriz valorizar socialmente o idoso. Seu principal objetivo é contribuir para a promoção da qualidade de vida e do desenvolvimento cultural e social dos participantes envolvidos nas atividades. O projeto prevê atividades educativas diversas, especialmente palestras, constituindo-se em um espaço de exercício e construção de diálogos entre os participantes e a comunidade acadêmica. Tem como base os seguintes temas centrais: Inclusão Digital, Direito do Idoso, Saúde do Idoso, Atividades Corporais, Meio Ambiente, Gerontologia, Arte e Cultura. As atividades serão realizadas nos espaços da Universidade Federal do Paraná (UFPR). As atividades do projeto acontecem pelo período de um ano- todas as terças e quintas à tarde, das 14 às 17 horas. Há uma exigência de frequência mínima. As inscrições devem abrir em maio e as aulas devem começar em agosto.Informações:  http://www.uam.ufpr.br/

Comentários

© 2020 Vida Longa